/

Bolsonarista que atacou advogado de direitos humanos no Rio é funcionário da prefeitura

O homem é Marcelo Moutinho Santana, de 52 anos, residente do mesmo prédio dos advogados; no apartamento de número 924.

Marcelo Moutinho Santana / Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira foi identificado o morador que atacou o advogado popular André de Paula, coordenador da Frente Internacionalista dos Sem-Teto (FIST) e membro da Anistia Internacional. A outra vítima da tentativa de assassinato é a advogada Bárbara dos Santos, também da FIST.

Na denúncia, ambos relatam também o cunho racista do ataque do apoiador de Bolsonaro, já que Bárbara é uma mulher negra.

O homem é Marcelo Moutinho Santana, de 52 anos, residente do apartamento de número 924, no prédio 99 da Corrêa Dutra, no bairro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro. Moutinho é servidor público (matrícula 10/263.305-5) e trabalha na Secretaria Municipal de e Defesa Civil.

Sua conta de Facebook está desativada.

Em dezembro de 2020, o autor da tentativa de assassinato foi convocado pelo Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância Zoonoses e de Inspeção Agropecuária a participar como vacinador na Campanha de Vacinação contra a Raiva Animal. Veja abaixo o Diário Oficial do Município do Rio:

O ataque bolsonarista aos advogados

No último sábado, dia 13/03, os advogados de André de Paula e Bárbara, ambos da Frente Internacionalista dos Sem-Teto (FIST), sofreram uma tentativa de assassinato, quando Marcelo Moutinho Santana incendiou a porta do apartamento onde os advogados residem.

O incêndio foi apagado por um funcionário do edifício, que pelas câmeras internas viu a porta em chamas. Por muito pouco o incêndio não foi maior:

Poderia ter incendiado todo o apartamento se não fosse o porteiro que apagou o incêndio. Inclusive, poderia ter avançado para todo o prédio, diz André.

Segundo a síndica do prédio, um homem não identificado entrou em seu escritório semanas atrás e fez ameaças ao advogado André de Paula, dizendo que pararia com as manifestações Fora Bolsonaro “por meios não legais”. André realiza regularmente protestos contra o presidente Jair Bolsonaro e a gestão genocida do governo durante a de Covid-19.

Em áudio, o advogado nos contou que a síndica já tinha as imagens de quem realizara o atentado, um morador e apoiador do governo Bolsonaro, mas que ela só entregaria o material à polícia.

Os dois advogados realizaram registro de ocorrência com as testemunhas:

Mídia1508

A 1508 é um coletivo de jornalismo independente anticapitalista, dedicado a expor as injustiças sociais brasileiras e a noticiar as mobilizações populares no Brasil e no mundo.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias